3 ações simples para você aprimorar a gestão de pessoas do seu escritório.

3 ações simples para você aprimorar a gestão de pessoas do seu escritório.

Você sabia que identificar os desafios da gestão de pessoas em um escritório de Direito é uma tarefa para lá de complexa?
Sim, até quem está no ramo há anos tem dificuldade para mapear o perfil de uma equipe e assim extrair dela o potencial máximo.

Mas, existem algumas ações simples que te ajudam a descobrir o que está dando certo ou errado na sua empresa quando se trata de gestão de pessoas. Se você gerencia um escritório ou empresa nesse segmento, as informações abaixo vão te ajudar.

A importância da gestão de pessoas.

Grandes empresas sabem muito bem que melhorar diária e continuamente a gestão de pessoas é fundamental.

Entretanto, a gestão não é útil apenas para grandes corporações. Pequenos e médios empreendimentos também podem ganhar – e muito – ao melhorar seus processos internos e gerenciar melhor os seus ativos e recursos humanos.

Seja você CEO, estagiário ou um novo gerente, saber trabalhar com outras pessoas é importante para que o seu empreendimento cresça. Mas, antes de falarmos especificamente sobre as ações simples que você pode adotar para melhorar a gestão de pessoas, vale a pena entender o conceito e aplicação da gestão dentro de empreendimentos jurídicos.

O gerenciamento de pessoas é um tópico amplo, que abrange temas inerentes as empresas modernas como, por exemplo, a organização, a resolução de problemas e a produtividade dos colaboradores. Ou seja, a gestão contribui para despertar e desenvolver habilidades pessoais úteis para o negócio. Essas habilidades podem ser a comunicação, a proatividade, o senso de trabalho em equipe e o comprometimento para com as metas e objetivos.

Para manter as boas práticas na gestão de pessoas, algumas pequenas ações devem ser colocadas em prática no dia a dia do gestor. Veja agora quais são as principais e mais propositivas:

1. Escutar os colaboradores.

O bom gestor precisa estar sempre atento aos pormenores, manter o contato visual, as anotações e os seus apontamentos em dia.

Saber ouvir também é uma qualidade essencial para a função de gerenciamento e, essencialmente, se revela antes mesmo de você conversar com um funcionário. O gestor deve estar sempre com a mente aberta, não fazer julgamentos antecipados e nem tomar conclusões sem apurar fatos, adotando uma postura sempre diplomática em reuniões.

Então, uma das ações mais simples e eficientes para melhorar a gestão de pessoas é escutar verdadeiramente os colaboradores. Dessa forma, eles podem se sentir mais à vontade para interagir e participar ativamente.

2. Separe os problemas pessoais dos problemas organizacionais.

Muitas vezes os funcionários terão problemas e você deverá estar disponível para ajudar a encontrar soluções. No entanto, nem todos os problemas são criados no ambiente profissional.

São duas as causas gerais de um problema envolvendo funcionários e colaboradores: fatores pessoais e fatores organizacionais. Nem sempre é fácil identificar a fonte de um problema sem antes dialogar com a pessoa em questão.

Identificar se o problema é de ordem pessoal ou profissional é importante, na medida em que cada problema exige soluções diferentes. Não adianta, por exemplo, modificar o ambiente da empresa, se o problema tiver como origem o ambiente externo.

3. Entenda o propósito de cada funcionário.

Para se comunicar com os funcionários e ter empatia com eles, você precisa entender o que os atrai de verdade. Ou seja, o que os motiva a estar no escritório todos os dias e trabalhar. Esse é o propósito individual.

Quando o gestor se torna consciente do propósito, perspectivas e objetivos de cada um dos colaboradores, a gestão se torna muito mais intuitiva e personalizada.

Não é possível melhorar a gestão das pessoas sem escutá-las e saber o que as leva a sair de casa e passar horas e horas em um ambiente de trabalho. Ao entender o propósito de alguém, você é capaz de se conectar com essa pessoa.

Gostou das dicas? Essas são as ações simples que podem ser implementadas para melhorar a gestão de pessoas no seu escritório. Lembre-se de que os seus colaboradores e funcionários são os grandes responsáveis pelos resultados do seu negócio.

Bom, agora que você já sabe por onde começar para adotar boas práticas de gestão de pessoas, considere também a aquisição de um sistema de automação para escritórios jurídicos.

Com um bom software como aliado, você ganha tempo para se dedicar a gestão da sua equipe.
A automação das rotinas jurídicas via software te permite, por exemplo, acompanhar, receber e ler intimações judiciais, acabando com o drama da burocracia e da perda de prazos.

A POL é a líder de mercado em checagem, entrega e gestão de intimações judiciais, sejam elas dos Diários de Justiça (DJe) ou dos Sistemas Eletrônicos dos Tribunais (EPROC, PROJUDI, PJE).

Portanto, se você ainda tem alguma dúvida que a advocacia mudou, acesse o site da Publicações Online e automatize de vez o seu escritório.

Deixe uma resposta