A publicidade na advocacia foi tema de uma importante audiência pública realizada pela OAB no último dia 11. Sabemos que o marketing digital na advocacia possui inúmeras restrições devido ao Código de ética e Disciplina da OAB. Porém, o advogado pode buscar formas de realizar o marketing digital de maneira legal.

Ética na era digital

Código de Ética da OAB, em seu artigo 28 traz que “o advogado pode anunciar os seus serviços profissionais, individual ou coletivamente, com discrição e moderação, para finalidade exclusivamente informativa”.
Sendo assim, a advocacia não permite práticas comerciais como propagandas, outdoors e coisas do tipo. Ou seja, o advogado pode sim publicar conteúdos jurídicos informativos.
É muito difícil conciliar as limitações do Código de Ética com as modernidades da era digital. Pois diversas são as ferramentas disponíveis hoje no mercado tecnológico jurídico.
Dessa forma, é válida toda a discussão que envolve a flexibilização da publicidade na advocacia. Destarte que, é importante que sejam observadas também as limitações éticas, não permitindo a banalização da profissão.
Porém, atualmente, a melhor forma de praticar o marketing digital é através do marketing inbound, ou seja, o marketing de conteúdo.

Marketing Jurídico Digital

O marketing digital possui diversas formas de levar a advocacia ao conhecimento de todos.
Com baixo custo, é possível que o advogado seja visto e construa sua imagem na internet, principalmente, nas redes sociais.
É necessário que se construa a identidade visual do advogado ou escritório de advocacia. Ainda, que seja feito um trabalho de produção de conteúdo jurídico aprofundado. Tudo, sem infringir as regras do código de ética e disciplina da OAB.
Dessa forma, é necessário que seja realizado um bom planejamento estratégico para que o marketing digital na advocacia funcione de forma eficaz.
É necessário que seja definida a área de atuação do escritório e seu público alvo. Além disso, é essencial ainda, que sejam definidos os meios digitai onde serão publicados os conteúdos.

Marketing de Conteúdo

A principal ferramenta de marketing digital na advocacia atualmente é a produção de conteúdo jurídico.
Além de não infringir o Código de ética, por se tratar de conteúdo informativo, quando bem direcionado ao público alvo, pode render muitos clientes.
Ou seja, o conteúdo é produzido conforme as áreas de atuação do escritório, demonstrando a expertise dos advogados em determinados assuntos. Dessa forma, chamando a atenção de potenciais clientes.
Hoje em dia já existem empresas especializadas em produção de conteúdo jurídico, utilizando de práticas de marketing para que surtam efeitos positivos nas redes.
As redes sociais são atualmente, as melhores formas de mostrar o trabalho do advogado e de prospectar potenciais clientes.
O marketing digital na advocacia tende a alcançar a flexibilização da publicidade, porém, o conteúdo jurídico será sempre o foco das publicações.
Com essas dicas, o advogado não precisa dispender de grandes quantias para estar visível nas redes.
Portanto, vale investir nas estratégias de marketing digital na advocacia, levando informação aos leitores e, consequentemente, atraindo potenciais clientes pela expertise dos textos publicados nas redes.

A flexibilidade do marketing digital na advocacia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *