O caso ocorreu em Belo Horizonte. Um ladrão tentou roubar uma padaria, mas foi surpreendido pelo dono do estabelecimento quando tentava fugir.
A referida padari a já havia sido assaltada mais de 10 vezes e o proprietário já estava cansado de tanto prejuízo.
Nesse dia, juntamente com transeuntes, o dono do estabelecimento decidiu dar uma lição no marginal antes de entregá-lo à polícia.
Depois de preso e sentindo-se humilhado pela situação, o bandido prestou queixa crime contra o empresário, pelas lesões corporais sofridas, e exigiu ainda, indenização por danos morais.
O juiz do processo considerou a ação descabida, encerrando o processo.

Ladrão processa a vítima por lesão corporal e danos morais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *