O marketing na advocacia possui limites impostos pelo Código de Ética e Disciplina da OAB. Portanto, o advogado precisa buscar formas de ser visto por seu público alvo, sem infringir tais regras.
Portanto, fique ligado nas dicas que preparamos para que você possa prospectar clientes com o marketing na advocacia sob a égide do Código de ética.

Ética na advocacia

O artigo 28 do Código de Ética da OAB diz que “o advogado pode anunciar os seus serviços profissionais, individual ou coletivamente, com discrição e moderação, para finalidade exclusivamente informativa.”
Dessa forma, não é possível a realização de comerciais e propagandas em rádios, televisão ou outdoors enormes. Sendo assim, o marketing na advocacia deve ser realizado de forma discreta e informativa.
Acima de tudo, com tais medidas a OAB consegue colocar todos os advogados em um patamar um pouco mais igualitário. Ou seja, o advogado que não possui muitos recursos financeiros, não ficará “invisível” aos olhos dos clientes, enquanto o advogado que possui muitos recursos financeiros, faz propagandas estrondosas.

Marketing Jurídico

Com estratégias bem pensadas, é possível realizar o marketing de forma eficaz e com baixo custo.
O marketing jurídico nada mais é que a técnica utilizada para dar força à imagem do advogado. Dessa forma, o método é utilizado para prospectar clientes de forma ética, sem infringir as regras da OAB.
Entretanto, para um marketing de qualidade, com bons resultados, é preciso que seja realizado um bom planejamento estratégico.
Ademais, a tecnologia mudou o mercado. Na área jurídica não foi diferente. O marketing na advocacia pode ser realizado na esfera digital, com baixo custo e ótimas visualizações.
Dessa forma, é preciso que sejam traçadas algumas estratégias. Assim, é importante definir as áreas de atuação do escritório e o público alvo. Além disso, é necessário escolher os meios digitais onde serão publicados os conteúdos de marketing na advocacia.

Identidade Visual

Ademais, outra importante ferramenta a ser utilizada pelo advogado é a sua identidade visual.
A identidade visual envolve toda a parte de papelaria e marketing na advocacia, visto que será utilizada em tudo. Dessa forma, ela será utilizada no site, redes sociais, cartões de visita e logo do escritório.
A identidade visual fortalece a marca, visto que tem importante impacto na forma como o escritório será visto e lembrado.
Uma identidade visual forte, faz com que você seja reconhecido por qualquer pessoa assim que visualizar sua marca. Da mesma forma, como por exemplo, o “M” de Mc Donalds. Os famosos arcos dourados são a identidade visual da marca, que é reconhecida por qualquer pessoa só de vê-los.
Enfim, vale a pena investir em uma boa identidade visual para realizar um bom marketing na advocacia.

Marketing de Conteúdo Jurídico

A ferramenta do momento para uma boa técnica de marketing na advocacia é a produção de conteúdo jurídico.
Atualmente já possuem empresas especializadas no mercado que realizam esse serviço. Assim, a empresa produz conteúdo jurídico, como textos e artigos, para que sejam publicados nas redes sociais, sites e blogs. Dessa forma, realizando o marketing na advocacia, prospectando clientes de forma ética e eficaz.
O conteúdo jurídico é produzido conforme a área de atuação do escritório e voltado ao seu público alvo.
Com essas dicas de marketing na advocacia, o escritório não precisa de muitos recursos financeiros e terá retorno significativo imediatamente.
Portanto, vale a pena investir nessas ideias e realizar marketing sem ferir o Código de Ética e Disciplina.

Marketing na advocacia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *