imagem revisão petição

Pense na seguinte situação.

A segunda-feira chegou e com ela todos os compromissos de um advogado. Em apenas um dia você, advogado, tem:

  • contas vencendo;

  • clientes para atender;

  • uma audiência em um Fórum que é a 30 quilômetros do seu escritório, cujo deslocamento te roubará 40 minutos no trânsito para ir e outros 40 minutos para voltar;

  • um prazo para hoje;

  • um prazo para amanhã, terça-feira.

Descubra como prazos alavancam carreiras! Clique aqui para ler.

Como você organiza a sua rotina?

Provavelmente os processos que possuem prazos vencendo serão resolvidos no dia, da melhor forma que a sua rotina permite, certo?

Para quem passa anos para se formar e mais alguns anos para se especializar, vai em palestras e realiza encontros com outros colegas, pode parecer tarefa fácil resolver um processo no dia em que o prazo se esgota.

Porém, nem sempre essa é a atitude correta a ser tomada.

Já sabe a atitude correta a ser tomada? Então clique aqui e assine a Publicações Online!

Muito embora o tempo de estudos permita ao advogado ser mais sagaz na área que domina, a petição elaborada na rotina corrida não conta com a excelência do profissional que a produz.

O cansaço diário faz com que detalhes saiam despercebidos, por isso uma petição feita no último dia do prazo, muito provavelmente, não contará com todos os pontos fortes capazes de conduzir o processo da melhor maneira possível, dentro do que o seu cliente merece.

Mas o que fazer para melhorar essa  realidade?

Para que uma petição atinja seu grau máximo, ter tempo para revisá-la é fundamental. Um advogado que revisa uma peça, geralmente acaba percebendo que não usou todos os argumentos que tem em seu acervo.

Além disso, pode evitar tumultos processuais que prejudicam a sua imagem perante o juiz e seus auxiliares. Por exemplo, um segundo exame da peça pode evitar um despacho que determina a emenda de uma inicial ou esclarecimentos, o que não é incomum na nossa Justiça.

Por isso, organizar-se para que haja tempo de revisar uma petição é essencial. A Publicações Online pode te ajudar, acesse.

Entretanto, essa revisão não pode ser superficial. A revisão deve estar atenta aos detalhes, pode até mesmo ser feita por outro colega, desde que ele também tenha familiaridade com a sua área, pois ele poderá trazer ângulos ainda não explorados.

Dicas simples para melhorar sua produção de petições

Existem algumas atitudes simples que podem ser tomadas, a fim de que as suas petições sejam melhoradas. Selecionamos essas dicas para qualquer advogado que queira melhorar a qualidade do seu trabalho.

Planejamento

Por mais estranho que pareça, uma petição precisa ser feita considerando uma estratégia. Assim, antes mesmo de sair escrevendo a sua peça, crie um cronograma por meio do qual seja possível identificar o tempo que levará para fazer a petição. Feito isso, inclua o tempo médio que gastará para revisá-la.

Existem atitudes que ajudam a ter uma entrega perfeita de intimações, descubra mais clicando aqui.

Caso ainda resolva passar para outro colega, também inclua o tempo médio que ele levará para revisar a peça.

Sabendo quanto tempo será gasto em cada etapa, fica mais fácil se adaptar e ter consciência das etapas.

Outro ponto é que a própria equipe se comprometerá ainda mais, pois sabe quanto tempo demorará para cumprir aquele prazo.

Estratégia

Ao revisar uma petição, o ideal é bolar uma relação quesitos a serem cumpridos, a fim de que todos saibam do que se trata. Esses quesitos podem ser utilizados desde a produção da peça até na parte final, com a revisão. Quanto mais completos, mais claras e eficientes serão suas peças.

Os quesitos podem abordar todos os aspectos principais e subsidiários. Por exemplo:

  1. Para quem essa petição será enviada?

  2. Qual o peça devo fazer?

  3. Qual o prazo e quando ele termina?

  4. Existem custas? Já foram pagas?

  5. Quem revisará minha petição?

  6. Principais tópicos que preciso abordar

  7. Preciso de jurisprudência?

  8. Preciso encontrar doutrina?

  9. Rol de provas que preciso juntar

  10. Documentos que precisam ser anexados

Embora alguns quesitos pareçam óbvios, no dia a dia nem sempre o advogado conseguirá fazer todas as ações. É sempre possível que a peça tenha que ser feita pelo assessor ou por um estagiário, por isso o rol de itens deve englobar o máximo de hipóteses possíveis.

Além de tudo isso, existem alguns serviços de apoio forense que ajudam nas estratégias, veja o vídeo abaixo:

Antecipar o pagamento das custas processuais

A revisão de petição também deve prever os aspectos econômicos. Normalmente, a guia de pagamento das custas e multas é enviada diretamente para o cliente pagar. Quando isso acontece, é muito importante que essa guia seja enviada com antecedência, pois os horários e cronogramas do cliente, na maioria das vezes, não são compatíveis com os do advogado.

Enviar a guia antes do último dia do prazo faz com que o processo seja prejudicado, pois não é possível prever se a petição poderá ser protocolada com os documentos completos.

Saiba como melhorar a gestão dos seus prazos processuais com as nossas dicas! Acesse agora o guia definitivo que fizemos para advogados clicando aqui.

Além disso, faz com que o advogado se submeta a pedir prazo para a juntada da guia, o que tumultua o processo, visto que impede a condução célere da ação.

Analisar as decisões das jurisprudências colacionadas na peça

É comum que os advogados façam suas buscas por jurisprudências e atenham-se apenas à ementa que é divulgada.

Entretanto, ao revisar a petição é preciso cuidar se aquele julgado efetivamente corresponde ao pedido que está sendo feito. Muitas vezes as ementas não esclarecem completamente a decisão e, embora os juízes sejam ocupados, alguns julgadores ainda hoje acessam a decisão completa para analisar todo o contexto.

Na maioria das vezes isso acontece com processos que envolvam teses ainda não debatidas ou que sejam uma inovação quanto à matéria, mas mesmo assim não custa escolher o melhor julgado para o caso.

Dessa forma, sempre que for revisar uma petição, faça a análise completa das decisões que está incluindo, a fim de que elas encaixem o melhor possível nas teses que você quer aplicar.

Lembre-se sempre que esses cuidados são tomados para que a sua carreira jurídica seja alavancada. Importar-se com o que é feito, nunca é demais. Por isso, para o bem da sua carreira, vale tudo!

Só não vale deixar a peça para ser feita no último dia do prazo, correndo o risco de ela sair mal feita e determinar todo o andamento futuro da sua ação.

Acesse nosso E-Book e descubra como melhorar a qualidade do seu trabalho!

CTA post revisão

A IMPORTÂNCIA DE REVISAR AS PETIÇÕES
daniela

Daniela Friedrich da Rosa é diretora da empresa Publicações Online. Especialista em Gestão de Empresas voltadas para Softwares Jurídicos e Legaltechs, formou-se em Direito pela Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) em 1999.
Possui MBA em Administração e Negócios desde 2008, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
Atualmente cursa MBA em Administração e Negócios pelo Instituto Universitário de Lisboa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *