Você sabia que toda mulher tem o direito a realizar plástica reparadora dos seios após mastectomia?

É isso mesmo!
E não só a mulher, mas também os homens acometidos pelo câncer de mama, tem o direito à plástica de reconstrução mamária.
Conforme a legislação brasileira, os panos de saúde, bem como o Sistema Único de Saúde (SUS), são obrigados a realizar a reconstrução mamária decorrente de mastectomia, ou seja, a retirada da mama em face do câncer de mama.
O paciente pode exigir que a reparação seja realizada no mesmo local do seu tratamento, ou local de realização da mastectomia.
Tal reparação pode ser realizada no mesmo momento da mastectomia. Porém, quando a plástica não é realizada no mesmo ato, o paciente que utiliza o SUS deve se dirigir a uma unidade de saúde e solicitar o encaminhamento para uma unidade especializada.
Pelo plano de saúde é ainda mais fácil. Basta conversar com o médico que realizou a mastectomia e o mesmo poderá encaminhar ao cirurgião plástico para realização da reparação junto ao plano.
A lei que regulamenta a obrigatoriedade do SUS, acerca da reparação mamária decorrente de mastectomia por câncer de mama é a Lei nº 9.797 de 5 de maio de 1999.
A obrigatoriedade de realizar tal reconstrução pelo plano de saúde está consubstanciada na Lei 10.223 de 15 de maio de 2001.

Toda mulher tem direito à plástica reparadora após mastectomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *